COMPRESSÃO DA MALHA CIRÚRGICA NO PÓS-OPERATÓRIO DE ABDOMINOPLASTIA E LIPOASPIRAÇÃO

Atualizado: 20 de mai. de 2020

As cintas tem o objetivo de minimizar as condições pós-operatórias e com segurança contribuir para um resultado de excelência e mais rápido.



Entendemos que o tempo de recuperação é um valor muito importante. Se você pode estar pronta com 1 a 2 meses porque esperar de 6 meses a 1 ano. 


Existem muitas dúvidas a respeito da melhor cinta. Ela deve ser muito apertada ou não ?


O ideal seria se o Pós-Operatório fosse dividido em 2 fases.

Uma fase inicial onde temos a cascata inflamatória e o objetivo é estabilizar os tecidos, dar segurança a paciente, aliviar a dor e contribuir para o controle do edema.

Em um segundo momento pensamos na malha contribuindo no contorno corporal, tratando o edema e auxiliando na postura.


Então se temos objetivos diferentes é natural que não consigamos cumprir com excelência os diferentes objetivos com malhas com a mesmas características.

Comparamos a fase inicial como uma estrada de terra e depois com um de asfalto. E impossível sair bem desses dois caminhos com a mesma bicicleta.

Então vamos lá:

Para a fase inicial precisamos de uma compressão muito suave e a maioria das pacientes acabam pensando que depois da cirurgia devido ao trauma precisa de cinta cada vez mais apertada para controlar o inchaço. Isso não é verdade o papel da cinta e conter e não pode ser apertada. Conter significa não deixar o edema progredir porem o contrario pode ocorrer se essa cinta tiver muito apertada a dor e o edema podem piorar ao invés de serem aliviados.

Além da dor e do edema a cinta muito apertada prejudica a circulação.

Então você pode estar se perguntando, porque usar cinta ? Da mesma forma que o aperto de mais prejudica o edema exagerado também compromete a microcirculação. Segundo Robbins, o edema pode causar tamponamento dos pequenos vasos.

O ideal é sempre pedir orientação do seu cirurgião ou profissional responsável.

É importante que você experimente essa cinta antes da cirurgia para ver se a cinta está confortável e logico que confortável 100% nunca vai estar porque tem algo comprimindo seu corpo, só que ela não pode causar dor e nem incomodo.

Não adianta pensar vou levar essa que está mais apertada porque como vou perder minha barriga depois ela vai ficar larga.

Ela deve ser no tamanho que você esta hoje. E depois se necessário ela ser ajustada de acordo com sua evolução.

O inchaço passa por uma evolução progressiva logo que acaba a cirurgia e nos 3 primeiros dias não temos muito controle sobre ele e se tentarmos fazer isso podemos estar colocando em risco a circulação.

Passado essa primeira fase uma cinta com uma média compressão vai ser mais eficiente para tratar o edema e/ou seroma e contribuir no contorno corporal.

No geral a primeira fase dura de 3 a 10 dias e somente depois disso deve ser avaliado esse ajuste da cinta ou a substituição por uma de media compressão.

Além disso para alguns pacientes nos recomendamos o uso de acessórios complementares (talas, espumas) de acordo com características especificas de cada cirurgia.

A função desses acessórios na abdominoplastia e auxiliar na contenção, na compressão e no suporte dos tecidos além de evitar principalmente o garrote da cinta.

O ideal e sempre pedir orientação do seu cirurgião ou do profissional responsável que esteja te acompanhando e se possível experimentar a cinta antes e lembre sempre que o pós-operatório é parte importante do sucesso da sua cirurgia.





* Consulte seu médico ou o profissional responsável pelo seu pós-operatório.

334 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo